siga-nos!
Youtubeadicionar aos favoritosRSSPartilhar

AMRS apresenta Arrábida Biosfera na Conferência “OCEANOS: SENSIBILIZAR para AGIR, PROTEGER para VALORIZAR”

Dsc 3096 1 710 2500
11 Junho 2018

A iniciativa no âmbito das comemorações do Dia Mundial dos Oceanos (celebrado a 8 de junho) a evocar o 14º Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da ONU, organizada pela Comissão Nacional da UNESCO (CNU) em articulação com o Instituto Politécnico de Leiria e a Comissão Oceanográfica Intersectorial., decorreu em Peniche no passado dia 8, tendo contado na sua sessão de abertura com a participação do Senhor Ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, o Secretário de Estado das Pescas, José Apolinário e o Presidente da Comissão Nacional da UNESCO (CNU), o Embaixador José Filipe Moraes Cabral.

DSC_3051

O Programa desta iniciativa, enquadrado pela Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, contemplou o papel da COI no que respeita às metas do ODS 14 - “Conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável” e a preparação do roteiro de implementação da Década das Nações Unidas das Ciências do Oceano para o Desenvolvimento Sustentável (2021-2030).

Desta forma, foram abordados temas relacionados com o ODS 14 – Proteger a Vida Marinha da referida Agenda, bem como, exemplos de alguns projetos em torno da proteção da vida marinha, desenvolvidos em territórios nacionais designados pela UNESCO como Reservas da Biosfera.

A secretária-Geral da AMRS, Sofia Martins, na apresentação sobre a “Candidatura da Arrábida a Reserva da Biosfera UNESCO” falou sobre os objetivos e trabalho desenvolvido, sublinhando que, com esta candidatura perspetiva-se uma Arrábida Biosfera que corresponda aos objetivos de preservação, valorização e promoção deste território, num quadro de sustentabilidade económica, social e ambiental. Por fim, informou aos presentes, que a Comissão Nacional da Unesco Portugal selecionou o Projeto Kid’s Guernica, como um dos três melhores projetos nacionais, candidatos ao Prémio UNESCO – Japão para a Educação para o Desenvolvimento Sustentável, nesta edição de 2018.

A presença nestes encontros têm constituído uma oportunidade para o aprofundamento de conhecimento sobre Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e têm contribuído para promoção e desenvolvimento do processo de candidatura da Arrábida a Reserva da Biosfera, e da valorização e promoção da Arrábida.