siga-nos!
Youtubeadicionar aos favoritosRSSPartilhar

AMARSUL - Municípios da Região querem reunião com Mota Engil

Amrs 08junho 1 710 2500
09 Junho 2017

Os Municípios da Região perante a convocação de uma greve pelos trabalhadores da AMARSUL para os dias 14 e 16 de Junho, propõem uma reunião com carácter de urgência com a Mota – Engil Ambiente e Serviços (acionista maioritário da AMARSUL) visando encontrar soluções que, no âmbito da empresa, evitem um conflito laboral que consideram desnecessário e que causará transtornos às populações.


Os Municípios de Alcochete, Almada, Barreiro, Moita, Montijo, Palmela, Seixal, Sesimbra e Setúbal, na dupla qualidade de acionistas – detentores de 49% da AMARSUL -, e de clientes que suportam a quase totalidade da atividade da empresa, têm vindo a manifestar uma clara oposição à gestão, nomeadamente à forma como decidiram proceder em relação à Aplicação de Resultados e à Distribuição de Dividendos pelos Acionistas, tendo proposto que estes resultassem em investimento na empresa com vista a aumentar a sustentabilidade económico-financeira da empresa, a sua eficácia e eficiência, com reflexos positivos no valor da tarifa, na defesa dos interesses das populações, missão subjacente a um serviço público de cuja responsabilidade os Municípios não pretendem abdicar.


Os Municípios afirmam que a reunião que pretendem visa contribuir para evitar o conflito laboral e evitar transtornos para as populações da região.