siga-nos!
Youtubeadicionar aos favoritosRSSPartilhar

Júri reúne e distingue propostas da 6ª edição do Kid’s Guernica

000 1 710 2500
2018/05/08

No passado dia 4 de maio de 2018, reuniu na sede da Associação de Municípios da Região de Setúbal, o júri da 6ª edição do Kid’s Guernica.

Destacando o tema Arrábida Biosfera, pretendeu-se uma reflexão sobre a Educação Ambiental, com referência à salvaguarda da conservação da diversidade biológica, alavancando a Biosfera e o aproveitamento dos recursos naturais do planeta, para a preservação de uma herança ambiental, assente na preservação, valorização e promoção do património natural e cultural existente.
Uma reflexão, que se pretendia interligada à obra Guernica, de Pablo Picasso, uma das bases fundamentais do projeto.

A AMRS contou com a participação de cerca 4500 alunos, pertencentes a trinta e nove escolas da Região de Setúbal. Os 895 trabalhos admitidos, acusaram uma interiorização dos propósitos do projeto, dificultando a árdua tarefa do júri na seleção das propostas.

O júri, constituído por Jorge Pé-Curto – artista plástico, Ana Isa Férias – artista plástica,
Eduardo Carqueijeiro – representante do ICNF e Wieslaw Bodziony – representante da Candidatura da Arrábida a Reserva de Biosfera, procurou, observar minuciosa e atentamente os critérios evidenciados que pudessem validar a sua decisão.

Em consonância com as normas de participação desta edição, o júri selecionou 1 trabalho por escalão, tendo distinguido os seguintes trabalhos:

1º Escalão – 2º ciclo de ensino
“Um Olhar Protetor para as Espécies da Arrábida”, elaborado pelos alunos Elvel Santos, Diogo Santos, Rodrigo Silva e Martim Rana do 6º ano, turma D, do Agrupamento de Escolas do Barreiro – Escola Básica D. Luís Mendonça Furtado.

159

2º Escalão – 3º ciclo de ensino
“Por um Mundo Melhor”, elaborado pelo aluno Leonel Nanque Baldé, do 9º ano, turma C, do Agrupamento de Escolas D. João I – Escola D. João I.

599

3º Escalão – Ensino Secundário
“Arrábida Storming”, elaborado pelos alunos Amanda Silva Barbosa, Ana Margarida Silva, Andreia Pereirinha, Beatriz Felício Miranda, Cátia Sofia Pereira, Florina Alina Bobone, Jéssica Alexandra Dias, Liliana Isabel Silva, Mara Lúcia Joaquim, Maria Miguel Oliveira, Mariana Romba Rocha, Marta Sofia Reis, Samuel Ribeiro Finholdt, Sofia Isabel Domingos, Tiago Filipe Pedro, Emerson Lopes Pereira, Inês Lopes de Castro, Jénifer Reis Madeira e Célio Flávio Mateus, do 10º ano, turma B1, do Agrupamento de Escolas da Moita – Escola Secundária da Moita.

889

Segundo o júri, de uma forma geral, qualquer uma das propostas selecionadas mostraram-se de acordo com os critérios de seleção, exteriorizando uma interligação entre o Homem e a Natureza. Para além disso, evidenciaram-se possuidores de uma grande riqueza plástica.

Destes 3 trabalhos, o júri decidiu que, o trabalho a ser reproduzido, em tela, nas dimensões do quadro "Guernica" (7800mmX3500mm), de Pablo Picasso, será o do aluno Leonel Nanque Baldé, do 9º C da Escola D. João I, Moita. O trabalho “Por um Mundo Melhor” foi distinguido, pelos seguintes aspetos:

- Foram representadas as questões mais ambientais transportadas por uma paleta de cores de tons terra;
- Num primeiro plano verifica-se um tratamento criativo dos animais, representados de forma estilizada;
- Há uma riqueza plástica e uniformidade, retomando a origem do Guernica;
- A mensagem foi bem enquadrada no seu conjunto conferindo uma valência humana;
- Retoma o tema da agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, da ONU.

A escola irá agora trabalhar para a 4ª fase do projeto, durante o período de 15 a 26 de maio, tempo que disporá para encetar a pintura da tela com as dimensões originais de Guernica. A finalização da tela será feita na Festa de Encerramento deste projeto, que se realizará no próximo dia 29 de maio de 2018, no Parque Augusto Pólvora, na Maçã - Sesimbra.

Esta festa, contará com um diversificado programa de atividades e animação, devidamente preparados para os alunos e escolas participantes, e contemplará ainda a projeção de um vídeo, com todos os trabalhos, refletindo-se num momento de valorização da qualidade, dedicação e empenho dos alunos e das escolas da Região.