siga-nos!
Youtubeadicionar aos favoritosRSSPartilhar

A Assembleia Intermunicipal da AMRS aprovou Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2019

Ai amrs 26nov2018 1 710 2500
2018/11/27

Reunida no passado dia 26 de Novembro, a Assembleia Intermunicipal da AMRS aprovou as Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2019.
A reunião, que decorreu nas instalações da Quinta de São Paulo, destacou as grandes linhas de ação a desenvolver pela Associação durante o próximo ano, de onde se destacam as seguintes:

O Desenvolvimento Regional, com a continuação de atualização do PEDEPES - Plano Estratégico para o Desenvolvimento da Península de Setúbal com organização de um ciclo de conferências e debates que permita a sua discussão bem como o aprofundamento das questões ligadas aos Fundos Europeus Estruturais e Fundos Nacionais;

A reflexão crítica necessária sobre o processo de transferência de competências da Administração Central para a Administração Local, nomeadamente nas áreas da educação, saúde, cultura e proteção civil;

A continuação da implementação do Plano Estratégico de Formação Intermunicipal para os trabalhadores das autarquias, com o de ações de formação em diversas áreas, tendo em vista o colmatar de carências já identificadas nas autarquias associadas;

Os projectos Kid’s Guernica e Festival Liberdade pela dinâmica e impacto junto da juventude, enaltecendo o papel que têm assumido na afirmação dos valores da Liberdade e da Paz;

A intensificação do trabalho e dinâmica dos vários Grupos de Trabalho Intermunicipais que potenciam a reflexão, debate e troca de experiencias, bem como o desenvolvimento de diversas iniciativas e projetos de carater regional, contribuindo para uma dinâmica regional, valorizando e fortalecendo o trabalho da AMRS e dos municípios associados;

O desenvolvimento da Rede Intermunicipal das Bibliotecas da Região de Setúbal, colocando as bibliotecas publicas e municipais como um pilar central da comunidade, realçando os seus projetos e dando-lhes outra dimensão;

A promoção da Arrábida, na procura da sua valorização e reconhecimento internacional na perspectiva da classificação da Arrábida como “Reserva da Biosfera”;

O desenvolvimento do trabalho de afirmação cultural do Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal- MAEDS;

A valorização do imenso património que constitui a Quinta de São Paulo, propriedade da associação, com o trabalho em torno dos Conventos de Alferrara e das dinâmicas da Quinta Pedagógica.

Os eleitos municipais presentes acentuaram que os documentos apresentados são, também, o reflexo da atividade que têm vindo a afirmar a AMRS, são projetos, ações e iniciativas que têm valorizado o seu papel na região, reconhecendo desta forma a ação desenvolvida, em particular na defesa dos direitos e interesses dos seus associados.

 

Para mais informações consultar GOP2019